Estepe: entenda os riscos e limitações de rodar

Autor: Full Pneus

Compartilhar:

Estepe: entenda os riscos e limitações de rodar

Sabemos que os estepes dão um suporte aos motoristas quando acontece algum imprevisto com os pneus do carro. Dessa forma, precisamos, em alguns momentos, do estepe nas estradas ou nas ruas. Por isso, sobre o estepe: entenda os riscos e limitações de rodar.

Não é de hoje que a malha rodoviária é precária. Dessa forma, encontramos várias estradas cheias de buracos e, em alguns trechos por receberem uma carga muito grande de rodagem, ficam desniveladas. 

Outras rodovias, ruas, avenidas e BR’s não passam por melhorias a anos. Além disso, é muito comum se encherem de acidentes graves com vítimas e acidentes sem vítimas.

Nesse sentido, podemos pensar que um pneu furado em uma rodovia não é um acidente. Entretanto, é caracterizado como um acidente.

Entenda, a seguir, como todo motorista deve proceder, quando há um furo no pneu do seu carro.


Estepe: o que fazer quando um furo em um pneu ocorre?

Primeiramente, vamos caracterizar o tipo de furo para depois falarmos mais sobre pneus e a troca.

Assim, existem várias formas de furar um pneu. Pode ser por um objeto pontiagudo. Como, por exemplo, pregos, parafusos e até mesmo pedaço de arame ou madeira.

Podem ser furos pequenos ou furos bem maiores que não tem como recuperar o pneu.

Os furos pequenos, provindos de materiais pontiagudos, podem ser colocados nos famosos macarons. Não são os ideais, entretanto, dão um suporte na hora da necessidade e são baratos em uma emergência.

Furos maiores podem ser promovidos por buracos e até mesmo por meio fio. Dessa forma, eles podem passar pelo processo de vulcanização. Assim, esse é um processo químico que é feito no pneu para fechar o furo.

O benefício desse processo é o valor. Assim, é bem mais em conta que um pneu novo ou semi usado. Entretanto, o pós desse processo é o tempo que esse pneu necessita ser curado para estar pronto. Nesse sentido, ele demora cerca de 4 a 5 horas para que o produto seque totalmente.

Outro pró e contra ao mesmo tempo é que esse processo químico dá mais resistência no local furado. Porém, tira a resistência em volta.

Logo, os pneus que não tem como passar pelo processo de vulcanização ou outros processos necessitam ser descartados e substituídos.

Mas, quem nunca precisou utilizar um estepe, não sabe o que é um perrengue de verdade.

Vamos ao exemplo, imagine que você está voltando de um feriadão na praia. Está chovendo e você está em uma rodovia. Ela não passa por recapeamento por muito tempo.

Diante desse cenário, você está em uma reta que não apresenta nenhuma deformação ou buraco e não tem carros na frente.

Por conta da chuva, o buraco está cheio de água, não dá para ser visto. E como se trata de uma reta você resolve acelerar um pouco mais. Além disso, você não viu o buraco, então a roda do veículo bate com toda força. O que acontece?

Muito provavelmente, com a batida do pneu nesse buraco, vai ocorrer um furo muito grande e você vê a necessidade de trocar o pneu. Assim, se rodar mais um pouco a calota vai se desfazer.

Não existe nada perto e você sabe como é feita a troca do pneu pelo estepe?

Vamos te ensinar nesse texto um jeito bem simples e rápido.


Estepe: como trocar de pneu na estrada?

  1. Em um acidente desse é preciso parar o veículo. Mas não pare no meio de uma rodovia, pois pode causar um acidente mais grave.
  2. Encoste a sua direita. Assim, tentando colocar o veículo em um lugar mais plano e que não atrapalhe o fluxo de veículos.
  3. Ligue o alerta e coloque a sinalização para que outros veículos se desviem do carro e não ponham mais ninguém em risco.
  4. Pegue a chave de roda e afrouxe todos os parafusos com o veículo no chão. Assim você vai conseguir tirar os parafusos mais facilmente. 
  • Uma dica para esse passo é utilizar o pé para afrouxar o parafuso.

5. Coloque o macaco na direção da viga do veículo. Além disso, não coloque no assoalho, para que não ocorra amassado do veículo.

  • Observe nesse passo que o macaco fique mais próximo da roda que vai ser trocada.

     6. Retire todos os parafusos e bata na parte superior do pneu. Assim, o pneu vai sair da sua posição.

     7. Ao retirar os parafusos e o pneu, coloque o estepe na mesma direção.

     8. Verifique se o pneu está completamente no lugar.

     9. Coloque os parafusos no lugar e rode até o final, ainda com o veículo suspenso.

    10. Baixe o carro até o chão e termine de apertar todos os parafusos.

  • Uma dica é manter os pneus calibrados, alinhados e balanceados, para quando necessitar trocar o mesmo, não coloque um pneu vazio e acabe estragando a roda do veículo.

Estepe: entenda os riscos e limitações de rodar

Conhecido como o quinto pneu do carro, o estepe temporário é mais fino em relação aos pneus normais. Assim, eles ocupam um espaço menor no interior do veículo.

Por isso, não é aconselhável que use o estepe por muito tempo. Isto porque ele pode explodir ao longo do trajeto. Geralmente, ele pode ser usado em até 80 Km/h. 

Andar na cidade com o estepe não é um risco alto. No entanto, em viagens longas, o estepe não terá um bom funcionamento em frenagens e tração. Além disso, eles não terão a mesma aderência em relação aos demais pneus.

Portanto, não utilize o estepe como se fosse um pneu normal. Pois, como já comentado, o material dele é diferente. 

Por isso, não é à toa que esse tipo de pneu é chamado de estepe temporário. Assim, em uma troca de pneus, por exemplo, não é aconselhável que se forme um par usando o estepe.

Isto porque haverá níveis diferentes de desgaste em um mesmo eixo.  

Por isso, o estepe temporário é apenas para ser usado em situações, nas quais acontecem devido a um imprevisto. Como, o exemplo que nós comentamos no início do texto.


Full Pneus – Nós somos o seu Centro Automotivo no estado do Rio de Janeiro!

Portanto, se você necessita dos melhores produtos no segmento automotivo, conte sempre com as opções que comercializamos na Full Pneus! Assim, com certeza, o seu automóvel estará no caminho certo nas pistas!

Aproveite e venha nos fazer uma visita: Avenida Nilo Peçanha, 1249 – Rua Otávio Tarquino, 1248 – Nova Iguaçu – RJ (próximo a Via Dutra, sentido Rio de Janeiro).

Central de atendimento: 21 2765 6700 

Importante: nossa empresa possui um espaço para as crianças, onde você poderá deixar o seu filho ou filha com segurança – enquanto aguarda o final de sua compra ou serviço!

 

Redes Sociais

Facebook                 Instagram

 

Matérias Relacionadas

Pneus 175/70 R13. Saiba os modelos de carros

Pneus Importados No Brasil: Há Vantagens?

Andar com combustível na reserva pode ser perigoso

Escolha o seu fabricante de pneu

Pneus RJ
pneu-michelin-rj
pneus-goodyear-full-pneus-rj
pneu-bridgestone-rj
pneu-yokohama
Pneus Dunlop RJ
jinyu-pneus-full-pneus
zeta-pneus-rj
pneus-fate-nova-iguacu
pneu-maxxis
pneu-achilles-rj
pneu-comforser-rj

temos outras marcas

Confira