Super Banner

Compartilhamento de bens. Novidade com carros de luxo.

Autor: Full Pneus

Compartilhar:

Compartilhamento de bens. Novidade com carros de luxo.

O compartilhamento de bens já é utilizado por empresas de aviação. A novidade agora é para os carros de luxo.

Colocar um carro de luxo na garagem pagando apenas uma fração do valor parece uma pegadinha, mas se tornou realidade no Brasil.

A modalidade de compartilhamento de bens é comum entre pequenas aeronaves e embarcações, e recentemente chegou aos modelos esportivos, que custam de R$ 300 mil a quase R$ 1 milhão.

A regra é simples: três ou quatro sócios dividem os custos e a utilização do veículo, enquanto uma empresa administra o pool. Rafael Moscardi, sócio-fundador da Auto Fraction, explica que os carros esportivos são usados, em média, apenas 40 dias no ano, por isso a ideia de compartilhar esse uso com mais pessoas.

A modalidade abre portas para quem não pode comprar um carro de luxo sozinho, e também para quem quer utilizar mais de um veículo, então, em vez de comprar um, adquire cotas de vários. “O veículo fica em nome dos cotistas por meio de uma SPE (Sociedade de Propósito Específico).

A empresa cuida da composição da SPE e faz toda a administração da compra, manutenção, agendamento e venda do carro, que é disponibilizado uma vez por semana para cada cotista por meio de uma agenda pré-estabelecida, mas que também é flexível para trocas”, explica.

Para efetuar a compra e organizar a SPE, a empresa cobra em torno de 6% do valor do carro. Depois disso, são pagas mensalidades para higienização, armazenamento e manutenção. “O IPVA e o seguro são custos divididos integralmente entre os sócios, já os outros gastos com manutenção e desgaste são pagos de acordo com a quilometragem rodada por cada um.

Assim, quem usa mais, paga mais”. Tudo começou com superesportivos, mas entraram no portfólio carros off-road, como Troller T4 (2020), cuja cota sai por R$ 90 mil, e muscle cars como Ford Mustang GT (2018), com cotas de R$ 135 mil.

Ainda assim, o carro-chefe é o Porsche 718 Boxster. A cota de um ano-modelo 2017 sai por R$ 185 mil. Entre os carros mais exclusivos está um BMW M3 G80 2021, custando R$ 275 mil a cota.

Fonte: UolCarros

Matérias Relacionadas:

Audi presenteia jogadores do Bayer com carros elétricos de luxo
Relíquias brasileiras valem mais que Ferrari
Ferrari SP48 Unica. Conheça o Modelo exclusivo da marca Italiana.

A Full Pneus trabalha com todas as marcas de pneu automotivo

Clique na marca de Pneu abaixo e veja se tem a sua medida

sentury

Veja também

Mais da Full

Por que o pneu é tão caro?

O pneu é uma parte essencial do nosso veículo, garantindo uma condução segura e confortável.  No entanto, muitas vezes nos deparamos com preços elevados ao comprar um novo conjunto de pneus.  Mas você já se perguntou por que os pneus são tão caros?  Neste artigo, vamos explorar os principais fatores que influenciam o preço dos…

Mito ou fato: Pneu remold é mais barulhento?

Quando se trata de escolher pneus para um veículo, surgem muitas dúvidas 28e mitos, especialmente em relação ao pneu remold.  A saber, uma das questões mais frequentes é se esses pneus são mais barulhentos do que os pneus novos.  No entanto, esta afirmação não é necessariamente verdadeira. A questão do barulho do pneu remold pode…

Por que o pneu estoura?

Imagine a seguinte situação: você está dirigindo tranquilamente pela estrada, quando de repente ouve um estouro alto vindo do pneu do seu carro.  Logo, você sente o volante vibrar e percebe que perdeu o controle do veículo.  Neste caso, essa é uma situação que muitos motoristas já enfrentaram e, sem dúvida, é uma das mais…

O que é pneu radial?

O pneu radial é um tipo de pneu amplamente utilizado nos veículos de hoje em dia.  Dessa forma, os pneus radiais são conhecidos por sua durabilidade, aderência e conforto.  Neste artigo, vamos explorar o que exatamente é um pneu radial e como ele difere dos pneus convencionais.  Além disso, vamos abordar a questão de quanto…

Nova gasolina já é fabricada e preços não dependem da cotação do petróleo

Com o recente anúncio da nova política de preços da Petrobras em relação à gasolina, o combustível já começa a ficar mais barato nas bombas de abastecimento. Contudo, o custo da gasolina ao consumidor continua sujeito à cotação internacional do petróleo com o qual é fabricada no mercado internacional. Os carros elétricos são substitutos naturais…

promção