É permitido dirigir um veículo com a transmissão vazando?

Autor: Full Pneus

Compartilhar:

É permitido dirigir um veículo com a transmissão vazando?

Você conhece as características da transmissão do seu carro? Sabe em que condições ela deve estar para que se possa transitar sem maiores problemas?

Em qualquer automóvel, existe uma ampla variedade de componentes, os quais apoiam o bom funcionamento do veículo. Assim, seja o sistema de freios, o jogo de pneus e a bateria, estas peças automotivas precisam estar em um alinhamento único. Como resultado, espera-se que funcionem de modo correto. Neste artigo, iremos tratar de um componente que poucos conhecem. Portanto, falaremos do sistema de transmissão.

O que é o sistema de transmissão?

Em primeiro lugar, é preciso saber o que é e para que serve este sistema. Assim, podemos definir a transmissão como um conjunto de componentes, cujo objetivo principal é direcionar a energia do motor para as rodas do veículo. Além disso, desenvolve a regulação do torque, através da escolha de cada marcha. Dentro deste sistema, existem diversos modelos. Porém, todos seguem o mesmo padrão de funcionamento. Assim, saiba mais abaixo:

Transmissão Manual

Esta é a forma mais comum encontrada nos veículos. Assim, é quando o motorista, pisando na embreagem do carro, modifica a posição da alavanca de câmbio para escolher a melhor marcha para o seu automóvel.

Automática

Diferente da manual, a mudança de marcha ocorre de forma automática. Como resultado, não existe um pedal de embreagem. Além disso, as opções de alavanca não são as mesmas da anterior.

Automatizada

Também chamada de sequencial, possui um sistema eletrônico que dispensa a necessidade de uma embreagem. Assim, quando o motorista selecionar uma das marchas, o próprio sistema aciona a embreagem e realiza a mudança.

Continuamente Variável

Chamada de CVT, não dispõe de um grupo de embreagens, como nas transmissões convencionais. Assim, utiliza um sistema de polias, que possui um diâmetro variado. Como resultado, seu benefício mais relevante é o modo suave com o que a troca de marcha é desenvolvida.

Automatizada de Dupla Embreagem

O modelo mais avançado e mais caro. Como resultado, é muito utilizado em carros de luxo ou esportivos de alto desempenho. Assim, funciona com duas embreagens que são usadas na mudança de marchas. Portanto, a partir deste processo, a resposta do sistema é instantânea.


Componentes do Sistema de Transmissão

A partir do conhecimento dos modelos de transmissão, o motorista entenderá melhor qual o tipo utilizado em seu veículo. Porém, com certeza, ainda devem restar algumas dúvidas, como:

Quais peças e componentes formam todo este sistema?

Assim, para apoiar nesta resolução, destacaremos alguns tópicos, com os principais materiais que fazem parte deste conjunto. Portanto, confira abaixo:

Embreagem

Em primeiro lugar, é preciso destacar o componente mais comum do sistema. Assim, a embreagem está presente na maioria dos automóveis de todo o Brasil e Rio de Janeiro. Para explicar como funciona, podemos comparar com dois discos sofrendo pressão um contra o outro. Como resultado, um fica em contato com o motor e outro com os demais componentes. Portanto, esta movimentação atua, transmitindo o movimento do motor para cada uma das rodas.

Conversor de Torque

Quando o automóvel possui uma transmissão automática, há uma substituição da embreagem por este componente. Como resultado, funciona como um sensor mecânico, o qual realiza a desconexão do motor de câmbio, quando o carro encontra-se em repouso. Assim, impede que o mesmo desligue sozinho.

Caixa de Câmbio

Muito importante, dentro do sistema de transmissão. Assim, neste local, estão as engrenagens e polias, responsáveis por cada marcha do veículo. Além disso, no caso de transmissões do modelo manual, aqui se encontra a alavanca de câmbio. Como resultado, sua funcionalidade é modificar a relação entre o torque e a velocidade transferida para as rodas. 

Diferencial

Uma das partes mecânicas mais complexas do sistema. Assim, podemos defini-la como um conjunto de engrenagem que, com uma combinação comum entre si, realizam a divisão da potência do motor entre as rodas. Além disso, há a garantia de que, quando o automóvel fizer as curvas, elas poderão girar em velocidades diferentes.


Como funciona o sistema de transmissão?

Em primeiro lugar, ao dar a partida no veículo, haverá a seleção das marchas. Assim, para iniciar o procedimento, a alavanca precisará estar no ponto morto. Ao selecionar a marcha, é preciso pressionar o pedal da embreagem.

Ao realizar este processo, um grupo de engrenagens será acionado. Como resultado, permitirá controlar a rotação e o torque que são enviados para as rodas.

Em continuidade, com a marcha pressionada e a embreagem liberada, o diferencial “entra no jogo”. Assim, sua função será dividir a força gerada pelo motor para as rodas.

Ao final, quando a potência encontra-se dividida – de forma correta – é chegado o momento de transmiti-la para as rodas. Portanto, este é o processo, descrito de modo simples e resumido.


Dúvida: é permitido dirigir um veículo com a transmissão vazando?

Isto dependerá da perda de fluido que ocorrerá. Assim, caso haja um vazamento pequeno ou lento, há a possibilidade de continuar seu deslocamento com o carro. Porém, o nível mínimo da quantidade deste material precisa se manter. Mas, fique atento(a): caso aconteça a perda de fluido, de modo rápido, não ande para locais muito longínquos. Assim, procure o apoio de um Centro Automotivo especializado, como a Full Pneus!


Precisa realizar uma boa revisão e manutenção da transmissão do seu carro? Fale conosco!

Avenida Nilo Peçanha, 1249 – Nova Iguaçu – Rio de Janeiro. Além disso, estamos próximos à Rodovia Presidente Dutra (sentido Rio) saída 178B.
 
Central de atendimento21 2765 6700
 
Importante: a nossa empresa possui um espaço destinado às crianças, onde você poderá deixar o seu filho ou filha com toda a segurança!
 
Preços de Pneus Promoção
Redes Sociais
 
Facebook                          Instagram

Matérias Relacionadas

Escolha o seu fabricante de pneu

Pneus RJ
pneu-michelin-rj
pneus-goodyear-full-pneus-rj
pneu-bridgestone-rj
pneu-yokohama
Pneus Dunlop RJ
jinyu-pneus-full-pneus
zeta-pneus-rj
pneus-fate-nova-iguacu
pneu-maxxis
pneu-achilles-rj
pneu-comforser-rj

temos outras marcas

Confira